9/05/2008

cruzada



para Cecília



não espere grande

coisa destas tardes longas destes

eufóricos homens

cabisbaixos


ainda que ouçam nada

os transformará


não semeie em solo

pútrido tuas poucas

esperanças tuas

luas


mesmo que fertilize nada

brotará


são tempos sombrios e não

sabemos nem

de nós

mesmos


aqueça seu esconderijo

mansamente apenas


silencie



Adair Carvalhais Júnior

5 comentários:

fred disse...

Batendo ponto.
Abração

Adair Carvalhais Júnior disse...

Obrigado pela visita.
Vc agora tem um blog. Vou linká-lo aqui.

abraçao

Bee-a disse...

silenciar sufoca.
gritar alivia.

Tiffany disse...

Fantastic!

Adair Carvalhais Júnior disse...

Obrigado Tiffany.

Apareça sempre.