4/20/2009

dedicatória

cada um de seus
poemas era uma nova
vida que eu
conhecia que te

habitava

eu te descobria no
meu íntimo junto
ao medo que me
estremecia sentia seus

amores como
meus entrando na sua
vida clandestina me

abrindo para
você todas suas
histórias

em meu corpo
noturno apenas alguma
tentativa de
consolo



Adair Carvalhais Júnior

2 comentários:

Ana Cecília disse...

Belíssimo! fiquei feliz ao descobrir seu novo livro, por cuja leitura estou ansiosa, aguardando o momento.
Abraços, parabéns!

Adair Carvalhais Júnior disse...

Ana Cecília deixou um novo comentário sobre a sua postagem "dedicatória":

Belíssimo! fiquei feliz ao descobrir seu novo livro, por cuja leitura estou ansiosa, aguardando o momento.
Abraços, parabéns!



Obriagdo Ana.
Espero que goste do livro.