5/04/2018

dois



                                      
O amor ... é reconhecido no olhar...o mesmo que guia o outro de volta...


 Carol Freitas


                leva em tua
                voz os dias
                infindáveis as águas
                aliciantes

                há muito minhas
                mãos erram nas
                esquinas

                o caminhar alerta do
                cão a claridade dos
                pinheiros há

                muito meus olhos brilham
                pelos teus

                carrega em
                teus passos as noites
                inumeráveis os
                sons reconfortantes

                a saudade
                que deixas é a
                mesma que traz tua
                mão que conduz minha
                saudade


               

Nenhum comentário: