7/24/2009

rendição

no lugar do seu
sorriso uma
lembrança quase
morta no

alto daquela
serra quase

nada

no lugar dos
pássaros chuva
infindável e o

silêncio

da

dor



Adair Carvalhais Júnior

4 comentários:

malmal disse...

putz, vim correndo pra dizer que esta linda !!!!

bijok

Adair Carvalhais Júnior disse...

E eu, correndo pra te agradecer: sabe como gosto quando você gosta..

bjao

Ed Gomes disse...

Opa!
Que lindo poema... Me perdi nas palavras e em lembranças que ele me trouxe.

Há-braços!

http://deducoes.blogspot.com/

Adair Carvalhais Júnior disse...

Que bom, Ed.
Obrigado pela visita e pelo comentário.

abraço